Impacto da Copa no Consumo de Energia

A Copa do Mundo do Catar está se aproximando e os ânimos dos brasileiros, um dos povos mais apaixonados por futebol, já começam a se exaltar. O que poucos sabem é que o evento tem um impacto relevante na carga do SIN, dado que mobiliza milhões de pessoas para seus televisores. Principalmente nos dias de jogos da seleção brasileira, o evento tem o poder de alterar o perfil de consumo de energia no país.


Um exemplo deste fenômeno ocorreu no dia do jogo do Brasil contra a Costa Rica na Copa do Mundo da Rússia em 2018. Muitas empresas consideram os jogos da Seleção Brasileira durante a Copa do Mundo como uma espécie de feriado, por isso, desde o início da partida a Carga do SIN sofre uma redução significativa em relação aos dias comuns.


Conforme o estudo apresentado pelo ONS (abaixo) a carga observada durante a partida foi cerca de 3.300 MW abaixo de uma sexta-feira comum. Além disso, observa-se que a carga teve uma redução de cerca de 4.040 MW em um intervalo de 42 minutos. Já no intervalo da partida, ocorreu um aumento de 3.050 MW em 10 minutos, pois é o momento que muitos torcedores costumam abrir a geladeira para beber algo ou acender a luz do banheiro. Ao final da partida, é registrado um crescimento de 7.840 MW em 22 minutos, montante este correspondente à 11% da carga do SIN para o mesmo período num dia comum.


Desta forma, para os dias de eventos esportivos é necessária uma dinâmica diferente do habitual para o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), que envolve reforços de equipe de plantão e ações preventivas para garantir a segurança energética de todo o Sistema Interligado Nacional.